Engenharia de Processos e Novas Tecnologias

Soluções personalizadas para o setor sucroenergético com visão sistêmica do processo.

A Fermentec engenharia é um segmento especializado para a área de projetos personalizados para o setor sucroenergético. O setor conta com técnicos altamente especializados e experientes que possuem uma visão sistêmica do processo e toda a bagagem de 36 anos de pesquisa e desenvolvimento. Por isso, a Fermentec Engenharia é a única empresa capaz de fornecer soluções completas, personalizadas e aplicadas com uma visão sistêmica do processo. Entre as ferramentas utilizadas está o exclusivo simulador de processo “Balance Fermentec”, que faz o cálculo do balanço de massa, de energia e de água.

Confira alguns produtos desenvolvidos pela Fermentec Engenharia:

Destilarias Multiflex

Permite um maior aproveitamento da capacidade industrial após a safra, para reduzir a ociosidade da planta, utilizando matérias-primas como sorgo, milho, arroz, mandioca, beterraba e melaço de soja. As leveduras são selecionadas para cada tipo de biomassa, é feita a hidrólise enzimática do amido e adaptações otimizadas e personalizadas do processo para cada biomassa.

Fermentação simultânea ou paralela, com ou sem separação de sólidos, com ou sem reciclo de leveduras, alto ou médio teor alcoólico, destilação convencional ou vácuo.

Biodiesel a partir da vinhaça

300 bilhões de litros de vinhaça são produzidos no Brasil por ano e a Fermentec a está utilizando para fazer um óleo que dará origem ao biodiesel.

Biopolímeros

Produzidos a partir de cana, milho, celulose, soro de queijo. Bactérias isoladas dos processos de fermentação são capazes de sintetizar biologicamente o ácido lático para a produção de PLA – poli ácido lático – e substituir o poliéster, os plásticos convencionais. O PLA já vem sendo usado em outros países para fabricar sacos, garrafas e produtos cirúrgicos. Em semanas ou poucos meses o material é totalmente degradado.

Etanol de segunda geração

Avaliação da composição de diversos substratos celulósicos e seus inibidores, engenheirando leveduras robustas e dominantes de primeira para serem utilizados no etanol 2G..

Leveduras como fonte proteica a partir de biomassa

Utilizar resíduos celulósicos como fonte de biomassa para não concorrer com alimentos e biocombustíveis.

Biogás de vinhaça

Desenvolvendo tecnologia para biodigestão da vinhaça e utilização do biogás na geração de eletricidade ou para queima em caldeiras.

Fale Conosco